Fim de semana diferente! #Lollapalooza

2016-03-13 01.36.33 1 2016-03-13 09.04.50 12016-03-13 01.36.35 1 2016-03-15 07.07.15 1 2016-03-13 09.04.45 12016-03-13 01.36.33 1 Meu último fim de semana foi diferente do que estou acostumada: eu fui no Lollapalooza com o namorado! :D Nunca tinha ido em um festival, mas esse ano ganhei ingressos, e não podia desperdiçar a oportunidade. Achei super incrível a atmosfera, o lugar e os shows, e ano que vem, se der, pretendo ir de novo! Acabei não tirando muitas fotos nem nada, mas aqui estão alguns pontos sobre o evento e nós ali no meio.

  • Eu já desconfiava, mas percebi que, de fato, o Felipe e eu somos um casal de velhos cansados, a gente nem se atreve a se aproximar da ~multidones~ e fica sentado na graminha, longe do palco, curtindo a música.
  • O bolinho de arroz era muito gostoso! hehe
  • A gente vai nesses lugares pra comer
  • Só conhecemos as músicas velhas D:
  • Se você tem um chapéu, a hora pra usar é nesses festivais mesmo, que ninguém vai ficar te olhando/julgando.
  • A capa de chuva de plástico é a nova toalha do Guia do Mochileiro das Galáxias (serve pra tudo, agora sempre vou andar com uma dessas na bolsa)
  • Gostamos muito do show do Twenty One Pilots e já entrou pra nossa mixtape!
  • Eu queria dar um jeito de descolar todos os lambe-lambes que estavam espalhados, porque todos eram tão lindos e iam ficar ótimos na parede de casa.

Voltamos meio acabados do evento, mas a experiência foi super positiva, e se ano que vem tiver bandas que a gente curte, vamos nos esforçar pra ir, e ser menos velhos cansados, e mais condizente com a nossa idade, hehe. E como foi o final de semana de vocês?

xx
Suemi

 

Anúncios

Nado livre na jaca

Fim de semana foi feito pra descansar e comer coisas gostosas. Apesar de ter ficado quase o tempo todo estudando pras provas da faculdade, consegui passar um tempinho gostoso ao lado de comida pessoas legais. Experimentei alguns pratos diferentes, e comi como se não houvesse amanhã, porque se você paraaaaaaaaaar… pra pensar… na verdade não há á á!!!
Mas então, deixa eu mostrar pra vocês, e caso um dia vocês estejam cansados e com um combo de fome + tédio, esse post pode ser útil.

Sexta à noite: Chef Time
Eu não conhecia a proposta do Chef Time, e achei bem legal. Funciona assim: você olha o menu semanal deles, escolhe um prato e o número de porções que serão servidas. Eles fazem entrega das 14h as 18h, e a comida vem embaladinha, bem condicionada em caixas de isopor e saquinhos. Mas como o nome mesmo diz, é a sua hora de chef, então quem vai preparar o prato é você! Todos os ingredientes vêm na quantidade exata que irá na receita (até sal, pimenta, etc). Coisas mais complexas como o molho vem prontas, e você só esquenta/tempera/mistura.

O prato que pedimos era Filé mignon suíno ao curry com arroz cateto integral e vagem, para quatro pessoas. Na caixinha, vieram as instruções de preparo, com imagens e bem explicado.
Minha opinião: o prato era bem gostoso, mas achei que a quantidade não era suficiente. Olha, eu sei que eu não sou parâmetro pra essas coisas (sabia que no restaurante por kg eu pego mais de 1 kg de comida e limpo meu prato?), mas achei que pelo preço por pessoa (deu cerca de R$35,00), a porção poderia ser mais generosa. Mas enfim, foi uma boa experiência!

Comidinha2

Comidinha3

Comidinha4

Sábado de manhã: Cestinha de peito de peru com ovo. Vi essa receita no canal da Fran, do Morando Sozinha, e quis provar, pois é muito rápida e fácil. E muito gostosa também!
Comidinha1

Sábado e Domingo de noite: Cantina Gigio! Conheci esse lugar há 2 semanas, e já experimentei quatro pratos, haha. O preço é bom , a comida é excelente e super bem servida. A porção inteira serve de 3 a 4 pessoas, mas acho que dependendo do prato, a meia porção também serve umas 3 pessoas. É muito, muito gostoso e super recomendo essa cantina! Fui na unidade Pinheiros, perto da Estação Fradique Coutinho, mas existe outra no Brás. É meu novo lugar favorito, e como vocês podem perceber, foi minha janta no sábado (no restaurante) e no domingo, quando a chuva despencou, e o Felipe e eu resolvemos pedir um delivery de lasagna (que aliás é uma delícia e vem com bastante queijo ralado!).

Comidinha5

Comidinha6

Pra finalizar, doce de leite Viçosa, porque vocês sabem, ninguém é de ferro e todo mundo merece sobremesa! :)Comidinha7Volta, fim de semana!!!!

xx
Suemi

Suemi na Coréia: O escorregador no meio do nada

Weekend4Weekend5Weekend6Weekend7É muito gostoso quando o dia começa sem pressa. Devagarinho, a luz do sol vai entrando pela cortina, e acordar antes do despertador parece uma idéia boa pra mim. É, eu realmente adoro a sensação de que eu posso me espreguiçar, enrolar, deitar de novo, levantar e fazer o café da manhã ao meu tempo. Final de semana é muito gostoso, e pra ficar mais delícia, no último domingo, fiz panquecas e ovos mexidos, acompanhados do meu cafezinho de sempre. Ao passar manteiga na panqueca, ela se derretia toda, meu Deus, que coisa boa! E depois dá uma complementada com creamcheese aqui e ali, e pronto! Te digo, não tem coisa melhor do que isso…

Weekend9Weekend2Weekend10Weekend11Weekend3Final de semana também é dia de passear. Como estamos morando em Suwon agora, decidimos visitar a Suwon Fortress. O Felipe e eu acabamos nos perdendo, mas conseguimos aproveitar um pouco do dia, apesar do céu cinza e da chuva fina que caiu. Weekend8Weekend12Por fim, também aproveitamos pra visitar nossos amigos em Seoul, e na volta vimos este escorregador gigante ali, montado no meio da rua, em Hongdae. As pessoas se aglomeravam na fila com suas bóias, e o clima era de festa, de alegria aleatória. Eu realmente achei incrível esse escorregador, gostaria de estar com roupa de banho e ter uma mega bóia pra participar do evento, mas fiquei só nas fotos. Mesmo assim, foi legal, por ser algo tão diferente.
É, acho que foi um bom final de semana :) E o de vocês, como foi?

xx
Suemi

Suemi na Coreia: Muuido

No último fim de semana, o Felipe e eu finalmente fomos conhecer Muuido, uma ilha(zinha) coreana que fica a duas horas de onde moramos. Digo finalmente porque fazia umas boas semanas em que ficávamos adiando a viagem, por motivos de faculdade, acidentes na escada, falta de planejamento, preguicite aguda, deixa pra depois, etc.

Chegar em Muuido é bem fácil se você está em Incheon ou Seoul. Dá pra fazer um bate e volta, ou passar a noite ali. Nosso plano era dormir na ilha mesmo, na praia Hanagae, onde ficam instalados uns huts bem simpáticos, que você aluga na hora.
Vou contar um pouquinho de como foi meu fim de semana em Muuido, então senta, pega um café e sinta-se à vontade!

Muuido27Muuido14Muuido30Acreditem ou não, eu nunca tinha visto gaivotas ao vivo antes, haha, então fiquei super empolgada ao ver um bando enorme de gaivotas sobrevoando o ferry que nos levaria até a ilha. O trajeto do ferry é bem rápido, acho que dura 5 minutos ou menos. E durante o caminho, as gaivotas acompanham a velocidade do barco, comendo migalhinhas que as pessoas jogam no ar. O desespero delas por comida me lembra alguém: eu mesma, hehe! :P
Gostei bastante de assistir o show das gaivotas, a parte nojenta foi descobrir que, embora o Felipe e eu estivéssemos em um lugar coberto, o pior aconteceu: uma gaivota teve um piriri dos fortes na mochila do Felipe…

Chegamos lá umas três da tarde, e a para Hanagae estava cheia. Achei que ia ter mais turistas, mas éramos os únicos. Havia muitas, muitas famílias coreanas ali, o que é bem legal, já que assim dá pra sentir melhor o clima do lugar. Aah, e havia muitas criancinhas brincando, o que era super engraçadinho de assistir!
Acabei não tirando fotos da praia enquanto ainda estava ensolarado, porque queríamos aproveitar a praia e ficar no mar e na areia, sem a preocupação com a câmera.
O mar não tinha ondas e era bem raso, e por mais longe que você andasse, ele nunca passava da altura da canela, então havia crianças everywhere.

Uma curiosidade: a diferença de maré na praia de Muuido é mucho loka, depois de algumas horinhas, a maré abaixa e você simplesmente não vê mais o começo do mar, tem que andar uns 15 ou 20 minutos para encontra água de novo.
Por causa da diferença de maré, muitas famílias vão para a praia Hanagae caçar mini caranguejos e pegar conchas bonitas que ficam na areia. A maré abaixa, e o pessoal já vai para a areia molhada com baldinhos, pás e rastelos de metal procurar os bichinhos.
Eu não participei dessa atividade porque morro de medo e nojo de caramujos e outras coisas que estavam brotando na areia (não é apenas um medinho, eu tenho pavor deles!!!!)
Muuido2Muuido3Muuido16Muuido4Muuido15Muuido17Muuido19Quando o sol começou a ficar mais suave, as pessoas foram arrumando suas coisas e indo embora. No final, ficamos sozinhos na praia. Depois de uma ida meio demorada à loja de conveniência (é necessário pegar um ônibus que passa de meia em meia hora, mais ou menos), e de um jantar bem universitário a base de cup noodles e chocopie, voltamos para a praia pra ver o pôr do sol.
Como a praia estava deserta, estava tudo bem silencioso e foi a primeira vez que eu vium pôr do sol particular, haha. O céu fica todo lilás e rosa, e como a maré estava baixa, a areia brilhava e refletia o sol de um jeito muito bonito.
(obs: tudo o que vocês vêem nas fotos acima é a areia molhada que sobra, já que o mar recuou MUITO!)
Muuido32Muuido7Muuido21Muuido29Depois do pôr do sol, fomos até uma pia (ou seria um tanque?), tirar areia e sal do corpo, porque basicamente estávamos bem sujos, haha. Não tem chuveiro ou ducha na praia, então era o máximo que podíamos fazer.

Passamos a noite no hut número 33 (éramos os únicos que estavam hospedados ali), e é uma experiência não muito confortável, já que cada hut tem cerca de 2×2 metros e você dorme no chão.
Eles fornecem dois travesseiros e dois cobertores pra você estender, mas não é a mesma coisa que dormir num futon gostosinho, haha. De noite faz frio, mas o hut tem aquecedor.
Na manhã seguinte, a praia estava coberta de neblina e o vento, gelado. Ficamos pensando um pouco na vida ali na praia, e observando a paisagem, depois arrumamos nossas coisas e voltamos pro nosso dormitório na universidade.
Foi um fim de semana diferente e bom, com cara de mochilão! Espero que haja outros parecidos na minha vida! :)

Abaixo, informações sobre Muuido e Hanagae Beach:
Como chegar: No Aeroporto Internacional de Incheon, vá para o terceiro andar (Departure floor), e pegue o ônibus 222 (eu não me lembro exatamente, mas acho que pegamos na plataforma 5). Desça na estação final do ônibus (NÃO desça na parada chamada Muuido, pois de lá você não consegue pegar o ferry!).
Na estação final, compre o ticket para o Ferry, que custa uns 3 dólares, ida e volta.
Ao desembarcar na ilha, pegue o ônibus número 1 (que acredito ser a única linha na ilha), e diga que vai para Hanagae Beach (a pronúncia é Hanaguê Beach).
Se você não tiver comida, é bom parar na loja de conveniência (que é o segundo ponto de ônibus) e se abastecer, senão você vai ter que ficar cruzando a ilha toda vez que quiser comer algo.

Ao chegar em Hanagae Beach, você paga 2 dólares pra entrar na praia (é meio estranho, mas li que é a taxa para retirarem o lixo gerado na praia e mantê-la limpa).
Para alugar um hut, pagamos 30000 KRW (aproximadamente R$83,00), e mais um depósito de 10000 KRW, que você pega de volta ao retornar a chave da sua cabana.

E basicamente é isso! Como eu disse, foi um final de semana mais atípico, e que valeu a pena! Espero que tenham gostado! Bom fim de semana pra vocês!

xx
Suemi