Diário de viagem: Japão #7

Sensoji TempleSem títuloSakura in AsakusaOi, gente! Tudo bem? Faz tempo que eu não apareço aqui, mas hoje eu vim mostrar mais um pedaço da minha viagem favorita: Japão! Para quem não sabe, já faz quase um ano que fui visitar o país de origem da minha família, e eu morro de saudades de lá. Um dos lugares de que mais gostei foi Asakusa, em Tóquio. A região é famosa pelo templo budista Sensoji, e por Nakamise, uma rua super movimentada cheia de lojinhas e barracas de doce, logo em frente ao templo. Como era de se imaginar, é um lugar apinhado de turistas (como nós, hehe ^^”) então tem que ter muita paciência pra caminhar ali. Mesmo assim, vale super a pena, porque o templo, além de lindo, é cheio de sakura, e as ruas ficam coloridas com tantas lojinhas bonitas. É possível encontrar muitas lembrancinhas pra trazer pra casa, e eu comprei um yukata  (kimono de verão) fofinho,  que eu adorei e pretendo mostrar no próximo post :)sakuraSem título                                  A caminho do templo e de Nakamise =)Asakusa Japanese candies   Docinhos coloridos nas lojinhas da rua. Queria ter comprado as balinhas…Em Nakamise :) Little photographer ^^                           Uma pequena (e fofinha) fotógrafa amadora <3sweet tooth :)Sem título                                  Amorzinho na frente do templo Sensojiヽ(*´Д`*)ノ More candies *0*Mais docinhos diferentes! É uma boa idéia pra souvenir (se bem que não é todo mundo que gosta dessas coisas mais exóticas, hehe). Sem títuloTenho mais fotos pra mostrar, mas fica pra próxima postagem. O que vocês acharam de Asakusa? A parte que eu mais gostei foram das lojinhas coloridas, dá pra passar horas e horas por ali, ainda mais nas barracas de doces (eu amo docinhos japoneses, com exceção de kanten, hehe). Uma pena que as coisas são um pouco caras, senão eu teria levado vááários outros cacarecos, haha. Espero que vocês tenham gostado do post, sei que faz tempo que eu não aparecia por aqui, mas fiquei feliz de escrever pelo menos um pouco. Tenham uma boa semana!

xx
Suemi

Lente Criativa de Julho: Gostinho de inverno

O tema desse mês no projeto Lente Criativa é Inverno, e eu achei tudo muito aconchegante! Embora aqui seja verão nessa época do ano, decidi fotografar pedacinhos do dia que me lembram o frio. É que tem coisas que decididamente ficam melhores no inverno, e isso foi o que eu quis mostrar. Basicamente, é uma época cheia de caseirices para mim, e é muito gostoso poder beber café ou ficar de buenas na cama. Gostaria de ter tirado mais fotos, mas este mês está muito apertado, pois é meu último mês de intercâmbio, então não tenho quase nada de fotos… Quem sabe um dia eu adiciono mais fotos no post? :)

LC25LC34LC27LC36Estes são os pedacinhos do meu inverno. Infelizmente não nevou quase nada na Coréia esse ano, e o único pedaço charmoso de neve que eu encontrei foi este da primeira foto, na frente de um dos meus cafés favoritos, perto da universidade.
Espero que tenha gostado! Aproveita e vem conhecer os cliques de outras participantes do projeto Lente Criativa: TatsiologyThe Meaning of Soul, Do avesso e Menina Moça, com fotos lindas!

ps: Estou super atrasada com vários outros posts, mas como estou fazendo estágio de férias, não consigo colocar em dia! Hehe, preciso me organizar melhor, mas, pra falar a verdade, quando chego em casa só quero comer e assistir séries até desmaiar ~me perdoem.

xx
Suemi

Suemi na Coreia: Muuido

No último fim de semana, o Felipe e eu finalmente fomos conhecer Muuido, uma ilha(zinha) coreana que fica a duas horas de onde moramos. Digo finalmente porque fazia umas boas semanas em que ficávamos adiando a viagem, por motivos de faculdade, acidentes na escada, falta de planejamento, preguicite aguda, deixa pra depois, etc.

Chegar em Muuido é bem fácil se você está em Incheon ou Seoul. Dá pra fazer um bate e volta, ou passar a noite ali. Nosso plano era dormir na ilha mesmo, na praia Hanagae, onde ficam instalados uns huts bem simpáticos, que você aluga na hora.
Vou contar um pouquinho de como foi meu fim de semana em Muuido, então senta, pega um café e sinta-se à vontade!

Muuido27Muuido14Muuido30Acreditem ou não, eu nunca tinha visto gaivotas ao vivo antes, haha, então fiquei super empolgada ao ver um bando enorme de gaivotas sobrevoando o ferry que nos levaria até a ilha. O trajeto do ferry é bem rápido, acho que dura 5 minutos ou menos. E durante o caminho, as gaivotas acompanham a velocidade do barco, comendo migalhinhas que as pessoas jogam no ar. O desespero delas por comida me lembra alguém: eu mesma, hehe! :P
Gostei bastante de assistir o show das gaivotas, a parte nojenta foi descobrir que, embora o Felipe e eu estivéssemos em um lugar coberto, o pior aconteceu: uma gaivota teve um piriri dos fortes na mochila do Felipe…

Chegamos lá umas três da tarde, e a para Hanagae estava cheia. Achei que ia ter mais turistas, mas éramos os únicos. Havia muitas, muitas famílias coreanas ali, o que é bem legal, já que assim dá pra sentir melhor o clima do lugar. Aah, e havia muitas criancinhas brincando, o que era super engraçadinho de assistir!
Acabei não tirando fotos da praia enquanto ainda estava ensolarado, porque queríamos aproveitar a praia e ficar no mar e na areia, sem a preocupação com a câmera.
O mar não tinha ondas e era bem raso, e por mais longe que você andasse, ele nunca passava da altura da canela, então havia crianças everywhere.

Uma curiosidade: a diferença de maré na praia de Muuido é mucho loka, depois de algumas horinhas, a maré abaixa e você simplesmente não vê mais o começo do mar, tem que andar uns 15 ou 20 minutos para encontra água de novo.
Por causa da diferença de maré, muitas famílias vão para a praia Hanagae caçar mini caranguejos e pegar conchas bonitas que ficam na areia. A maré abaixa, e o pessoal já vai para a areia molhada com baldinhos, pás e rastelos de metal procurar os bichinhos.
Eu não participei dessa atividade porque morro de medo e nojo de caramujos e outras coisas que estavam brotando na areia (não é apenas um medinho, eu tenho pavor deles!!!!)
Muuido2Muuido3Muuido16Muuido4Muuido15Muuido17Muuido19Quando o sol começou a ficar mais suave, as pessoas foram arrumando suas coisas e indo embora. No final, ficamos sozinhos na praia. Depois de uma ida meio demorada à loja de conveniência (é necessário pegar um ônibus que passa de meia em meia hora, mais ou menos), e de um jantar bem universitário a base de cup noodles e chocopie, voltamos para a praia pra ver o pôr do sol.
Como a praia estava deserta, estava tudo bem silencioso e foi a primeira vez que eu vium pôr do sol particular, haha. O céu fica todo lilás e rosa, e como a maré estava baixa, a areia brilhava e refletia o sol de um jeito muito bonito.
(obs: tudo o que vocês vêem nas fotos acima é a areia molhada que sobra, já que o mar recuou MUITO!)
Muuido32Muuido7Muuido21Muuido29Depois do pôr do sol, fomos até uma pia (ou seria um tanque?), tirar areia e sal do corpo, porque basicamente estávamos bem sujos, haha. Não tem chuveiro ou ducha na praia, então era o máximo que podíamos fazer.

Passamos a noite no hut número 33 (éramos os únicos que estavam hospedados ali), e é uma experiência não muito confortável, já que cada hut tem cerca de 2×2 metros e você dorme no chão.
Eles fornecem dois travesseiros e dois cobertores pra você estender, mas não é a mesma coisa que dormir num futon gostosinho, haha. De noite faz frio, mas o hut tem aquecedor.
Na manhã seguinte, a praia estava coberta de neblina e o vento, gelado. Ficamos pensando um pouco na vida ali na praia, e observando a paisagem, depois arrumamos nossas coisas e voltamos pro nosso dormitório na universidade.
Foi um fim de semana diferente e bom, com cara de mochilão! Espero que haja outros parecidos na minha vida! :)

Abaixo, informações sobre Muuido e Hanagae Beach:
Como chegar: No Aeroporto Internacional de Incheon, vá para o terceiro andar (Departure floor), e pegue o ônibus 222 (eu não me lembro exatamente, mas acho que pegamos na plataforma 5). Desça na estação final do ônibus (NÃO desça na parada chamada Muuido, pois de lá você não consegue pegar o ferry!).
Na estação final, compre o ticket para o Ferry, que custa uns 3 dólares, ida e volta.
Ao desembarcar na ilha, pegue o ônibus número 1 (que acredito ser a única linha na ilha), e diga que vai para Hanagae Beach (a pronúncia é Hanaguê Beach).
Se você não tiver comida, é bom parar na loja de conveniência (que é o segundo ponto de ônibus) e se abastecer, senão você vai ter que ficar cruzando a ilha toda vez que quiser comer algo.

Ao chegar em Hanagae Beach, você paga 2 dólares pra entrar na praia (é meio estranho, mas li que é a taxa para retirarem o lixo gerado na praia e mantê-la limpa).
Para alugar um hut, pagamos 30000 KRW (aproximadamente R$83,00), e mais um depósito de 10000 KRW, que você pega de volta ao retornar a chave da sua cabana.

E basicamente é isso! Como eu disse, foi um final de semana mais atípico, e que valeu a pena! Espero que tenham gostado! Bom fim de semana pra vocês!

xx
Suemi

Diário de viagem: Japão #4

Hoje vim mostrar outros pedacinhos do Ueno Park, espero que vocês gostem!
Humm, não tenho muito o que falar no texto introdutório, então fiquem com esse kaomoji aqui ヽ(⁀ ᗢ ⁀)ノ

94 103 10410596 79909298 1009593 9997Peço desculpas àqueles que estão enjoados de ver fotos de cerejeiras, mas é que eu não consigo evitar, porque é tudo tão rosinha e delicado…mas prometo que na Parte III do Ueno Park não vai ter flor, vai ter comida, haha!
Obrigada pela visita e tenham um ótimo dia!

xx
Suemi