Os erros que cometi no intercâmbio

Us2Namorado e eu, em uma foto absolutamente não relacionada com o post!

Oi, gente!!! Como vocês estão? Vocês já devem ter percebido que o ano de 2015 é mais rápido que tudo no mundo, né? Foi constatado por mim que o intercâmbio na Coréia acabou e eu ainda tô vivendo numa realidade paralela. Este foi, com certeza, o ano mais diferente da minha vida. Viver por um ano do outro lado do mundo é uma experiência que eu nunca imaginaria, a menos em sonhos remotos que começassem com “Quando eu for rica…”
Pensando nisso tudo, resolvi compartilhar com vocês algumas coisinhas que andei fazendo de errado durante o intercâmbio, hehe. Não sei se são erros comuns ou não, mas se eu pudesse recomeçar, faria um pouco diferente. Mas também não me arrependo da experiência que tive, longe disso. Mas chega de enrolação, e vamos a minha pequena listinha de erros:

1. Criar falsas expectativas

Por mais que você se informe na internet sobre o país onde você vai fazer seu intercâmbio, é normal você criar falsas expectativas. A experiência que outra pessoa teve no exterior nunca será exatamente igual à sua, e isso é ótimo, porque imagina que chato seria viver seus dias como cópias. Entenda: tudo depende da hora, do lugar, de quem você é, de sua bagagem cultural, de suas experiências passadas. Pode ser que você tenha lido em algum blog que o restaurante X em Londres é o melhor bla bla bla, mas bem na sua vez de visitar o bendito, aconteceu um desastre na vida do garçon e ele estava meio mal humorado. Sei lá, pode acontecer tanta coisa. Não fique criando expectativas em relação a tudo, sua vida não vai ser como a de outra pessoa, e você vai acabar se frustrando. Se informe sobre as coisas, mas vá vivendo suas próprias aventuras!

2. Trazer um monte de coisas do Brasil

Antes desse intercâmbio eu nunca havia viajado para o exterior, e a idéia de morar em um país tão longe sempre deu um frio na barriga. E se eu esquecer meus documentos? E se eu não encontrar roupas do meu tamanho? E se tudo for caro e eu ficar muito pobre? O resultado de todos esses “E se…” é que eu levei muita coisa do Brasil para a Coréia. Bom,  não foi MUITA coisa, porque eu sei que tem gente que leva mais, mas certamente foi mais do que eu precisava.
A verdade é que a gente vai se adaptando conforme o lugar. Lógico que existem coisas que são necessárias, como algumas roupas básicas, itens de higiene (para os primeiros dias pelo menos, caso você seja meio perdida, como eu!), medicamentos. Mas não exagere. Não pense que você vai ter que usar aquela meia linda e fofa que você comprou só porque vai estar no exterior (é, a sua vida no exterior NÃO vai ser melhor nem mais bonita só porque você levou umas coisas fofas com você). Ou aquele pijama que você não sabe nem lavar de tão felpudo que é. Leve somente as coisas necessárias, porque provavelmente ao chegar em outro país você vai virar ~aloka das roupas e das coisas fofinhas, dos livros, dos sapatos, e vai querer ter espaço de sobra nas suas malas.

3. Comprar coisas inúteis na Coréia

Eu sou uma pessoa mega pão-dura no Brasil, mas lá na Coréia eu me permiti liberar um pouco, já que todo santo dia eu comia no refeitório da universidade, e a refeição era baratinha. Acabava sobrando um dinheirinho, que eu gastava com cafés, donuts, muita tranqueira de papelaria e umas roupas em promoção. Como tudo que eu comprava era relativamente barato, eu não me importava muito com o dinheiro. Aliás, o dinheiro nunca faltou nem nada, mas o fato era que eu comprava roupas simplesmente porque custavam uns 5 dólares, e na primeira lavagem elas já ficavam cheias de bolinhas. Ou então as roupas não combinavam com o que eu já tinha no guarda-roupa e ficavam esquecidas no seu cantinho. Resultado: aquele arrependimento bateu, um monte de roupas foram doadas. E eu ficava com aquele pensamento de: Oh, se eu não tivesse comprado essa blusa, eu poderia ter feito tal coisa (normalmente essa tal coisa era “comer um doce”, mas ok, não entremos nesse assunto).

4. Procrastinar passeios pensando que ainda tem tempo

Depois de um mês morando na Coréia, comecei a pensar que eu tinha muito tempo pra passear e conhecer lugares novos, afinal eu ia morar lá por um ano. O que aconteceu foi que eu pisquei e já tinham se passado 11 meses, e fueeen. Sério, não faça como eu. Se o dia está bonito e você não tem obrigações urgentes, saia do Facebook e vá passear. É um ano muito curto pra você desperdiçar em meio a um monte de preguiça e inércia.

5. Não guardar pequenas lembranças

Eu adoro juntar recordações e memórias. Eu amo juntar folhas, embalagens de bombom, conchinhas e flores secas que me lembram de lugares bons, pessoas boas e momentos gostosos. Mas por algum motivo desconhecido, não fiz muito disso no intercâmbio. Só mais no final que um espírito acumulador tomou conta de mim, e eu comecei a juntar aquelas luvas de copo dos cafés que eu frequentava, ou os cartões dos restaurantes, etc.

6. Não saber o mínimo da língua

Com certeza o pior erro dessa lista. Desembarquei na Coréia sabendo apenas três palavras em coreano: carro, bicicleta e oi. Nem era suficiente pra formar frase nenhuma, quanto mais sobreviver. Eu esperava que fosse possível me virar super bem só com o inglês, e preciso confessar que muito prepotente em relação a isso. Quebrei a cara, e fiquei um bom tempo de mimimi pensando: “Como é que ninguém fala inglês aqui??”, mas é claro que a culpa não era dos coreanos, mas minha, haha. Enfim, não recomendo a ninguém que vá fazer intercâmbio sem um básico da língua do país destino. Mesmo que as pessoas saibam falar inglês e te ajudem, é muito mais legal se você consegue se virar bem e aperfeiçoar uma língua diferente!

Não acho que esta lista de erros vai ajudar alguém, pois acredito que só mesmo vivenciando por conta própria aprendemos a lição. Foi mais um pequeno desabafo e reflexão sobre este intercâmbio mesmo :)
Espero que tenham gostado!

xx
Suemi

Suemi na Coréia: O escorregador no meio do nada

Weekend4Weekend5Weekend6Weekend7É muito gostoso quando o dia começa sem pressa. Devagarinho, a luz do sol vai entrando pela cortina, e acordar antes do despertador parece uma idéia boa pra mim. É, eu realmente adoro a sensação de que eu posso me espreguiçar, enrolar, deitar de novo, levantar e fazer o café da manhã ao meu tempo. Final de semana é muito gostoso, e pra ficar mais delícia, no último domingo, fiz panquecas e ovos mexidos, acompanhados do meu cafezinho de sempre. Ao passar manteiga na panqueca, ela se derretia toda, meu Deus, que coisa boa! E depois dá uma complementada com creamcheese aqui e ali, e pronto! Te digo, não tem coisa melhor do que isso…

Weekend9Weekend2Weekend10Weekend11Weekend3Final de semana também é dia de passear. Como estamos morando em Suwon agora, decidimos visitar a Suwon Fortress. O Felipe e eu acabamos nos perdendo, mas conseguimos aproveitar um pouco do dia, apesar do céu cinza e da chuva fina que caiu. Weekend8Weekend12Por fim, também aproveitamos pra visitar nossos amigos em Seoul, e na volta vimos este escorregador gigante ali, montado no meio da rua, em Hongdae. As pessoas se aglomeravam na fila com suas bóias, e o clima era de festa, de alegria aleatória. Eu realmente achei incrível esse escorregador, gostaria de estar com roupa de banho e ter uma mega bóia pra participar do evento, mas fiquei só nas fotos. Mesmo assim, foi legal, por ser algo tão diferente.
É, acho que foi um bom final de semana :) E o de vocês, como foi?

xx
Suemi

Suemi na Coreia: Muuido

No último fim de semana, o Felipe e eu finalmente fomos conhecer Muuido, uma ilha(zinha) coreana que fica a duas horas de onde moramos. Digo finalmente porque fazia umas boas semanas em que ficávamos adiando a viagem, por motivos de faculdade, acidentes na escada, falta de planejamento, preguicite aguda, deixa pra depois, etc.

Chegar em Muuido é bem fácil se você está em Incheon ou Seoul. Dá pra fazer um bate e volta, ou passar a noite ali. Nosso plano era dormir na ilha mesmo, na praia Hanagae, onde ficam instalados uns huts bem simpáticos, que você aluga na hora.
Vou contar um pouquinho de como foi meu fim de semana em Muuido, então senta, pega um café e sinta-se à vontade!

Muuido27Muuido14Muuido30Acreditem ou não, eu nunca tinha visto gaivotas ao vivo antes, haha, então fiquei super empolgada ao ver um bando enorme de gaivotas sobrevoando o ferry que nos levaria até a ilha. O trajeto do ferry é bem rápido, acho que dura 5 minutos ou menos. E durante o caminho, as gaivotas acompanham a velocidade do barco, comendo migalhinhas que as pessoas jogam no ar. O desespero delas por comida me lembra alguém: eu mesma, hehe! :P
Gostei bastante de assistir o show das gaivotas, a parte nojenta foi descobrir que, embora o Felipe e eu estivéssemos em um lugar coberto, o pior aconteceu: uma gaivota teve um piriri dos fortes na mochila do Felipe…

Chegamos lá umas três da tarde, e a para Hanagae estava cheia. Achei que ia ter mais turistas, mas éramos os únicos. Havia muitas, muitas famílias coreanas ali, o que é bem legal, já que assim dá pra sentir melhor o clima do lugar. Aah, e havia muitas criancinhas brincando, o que era super engraçadinho de assistir!
Acabei não tirando fotos da praia enquanto ainda estava ensolarado, porque queríamos aproveitar a praia e ficar no mar e na areia, sem a preocupação com a câmera.
O mar não tinha ondas e era bem raso, e por mais longe que você andasse, ele nunca passava da altura da canela, então havia crianças everywhere.

Uma curiosidade: a diferença de maré na praia de Muuido é mucho loka, depois de algumas horinhas, a maré abaixa e você simplesmente não vê mais o começo do mar, tem que andar uns 15 ou 20 minutos para encontra água de novo.
Por causa da diferença de maré, muitas famílias vão para a praia Hanagae caçar mini caranguejos e pegar conchas bonitas que ficam na areia. A maré abaixa, e o pessoal já vai para a areia molhada com baldinhos, pás e rastelos de metal procurar os bichinhos.
Eu não participei dessa atividade porque morro de medo e nojo de caramujos e outras coisas que estavam brotando na areia (não é apenas um medinho, eu tenho pavor deles!!!!)
Muuido2Muuido3Muuido16Muuido4Muuido15Muuido17Muuido19Quando o sol começou a ficar mais suave, as pessoas foram arrumando suas coisas e indo embora. No final, ficamos sozinhos na praia. Depois de uma ida meio demorada à loja de conveniência (é necessário pegar um ônibus que passa de meia em meia hora, mais ou menos), e de um jantar bem universitário a base de cup noodles e chocopie, voltamos para a praia pra ver o pôr do sol.
Como a praia estava deserta, estava tudo bem silencioso e foi a primeira vez que eu vium pôr do sol particular, haha. O céu fica todo lilás e rosa, e como a maré estava baixa, a areia brilhava e refletia o sol de um jeito muito bonito.
(obs: tudo o que vocês vêem nas fotos acima é a areia molhada que sobra, já que o mar recuou MUITO!)
Muuido32Muuido7Muuido21Muuido29Depois do pôr do sol, fomos até uma pia (ou seria um tanque?), tirar areia e sal do corpo, porque basicamente estávamos bem sujos, haha. Não tem chuveiro ou ducha na praia, então era o máximo que podíamos fazer.

Passamos a noite no hut número 33 (éramos os únicos que estavam hospedados ali), e é uma experiência não muito confortável, já que cada hut tem cerca de 2×2 metros e você dorme no chão.
Eles fornecem dois travesseiros e dois cobertores pra você estender, mas não é a mesma coisa que dormir num futon gostosinho, haha. De noite faz frio, mas o hut tem aquecedor.
Na manhã seguinte, a praia estava coberta de neblina e o vento, gelado. Ficamos pensando um pouco na vida ali na praia, e observando a paisagem, depois arrumamos nossas coisas e voltamos pro nosso dormitório na universidade.
Foi um fim de semana diferente e bom, com cara de mochilão! Espero que haja outros parecidos na minha vida! :)

Abaixo, informações sobre Muuido e Hanagae Beach:
Como chegar: No Aeroporto Internacional de Incheon, vá para o terceiro andar (Departure floor), e pegue o ônibus 222 (eu não me lembro exatamente, mas acho que pegamos na plataforma 5). Desça na estação final do ônibus (NÃO desça na parada chamada Muuido, pois de lá você não consegue pegar o ferry!).
Na estação final, compre o ticket para o Ferry, que custa uns 3 dólares, ida e volta.
Ao desembarcar na ilha, pegue o ônibus número 1 (que acredito ser a única linha na ilha), e diga que vai para Hanagae Beach (a pronúncia é Hanaguê Beach).
Se você não tiver comida, é bom parar na loja de conveniência (que é o segundo ponto de ônibus) e se abastecer, senão você vai ter que ficar cruzando a ilha toda vez que quiser comer algo.

Ao chegar em Hanagae Beach, você paga 2 dólares pra entrar na praia (é meio estranho, mas li que é a taxa para retirarem o lixo gerado na praia e mantê-la limpa).
Para alugar um hut, pagamos 30000 KRW (aproximadamente R$83,00), e mais um depósito de 10000 KRW, que você pega de volta ao retornar a chave da sua cabana.

E basicamente é isso! Como eu disse, foi um final de semana mais atípico, e que valeu a pena! Espero que tenham gostado! Bom fim de semana pra vocês!

xx
Suemi

Suemi na Coréia: Comprinhas de papelaria e Watsons

Parando pra pensar na vida, concluí que eu sou uma garota muito controlada com roupas (viva as roupa véia e o estilo mendiga dentro de casa) e sapatos (aqui na Coréia, sobrevivo com 4 pares de sapato), mas eu não consigo me controlar com papelarias!!! Toda vez que entro em uma, eu compro pelo menos uma coisinha…e tudo piorou nessas duas últimas semanas, já que fui atacada por um espírito consumista, e foi aquela jacaiada que resultou em uma Suemi mais pobre, porém mais feliz! Vim mostrar aqui alguns items que eu comprei (não só de papelaria), e gostei bastante!

Compras10A Watsons entrou em promoção e eu comprei um pacotinho de adesivos removedores de cravo. Esse aqui é muito bom e eu paguei 5000 KRW, que é aproximadamente R$14,00. Vem 20 adesivos no pacotinho, e é super viciante ficar usando (qualquer dia acho que vou acabar arrancando meu nariz junto, afffff).

Compras8Aproveitando a promoção de 50% da Watsons, resolvi tingir meu cabelo, já que fazia mais de um ano que eu estava com ele al naturales. Essa tinta é diferente, você prepara uma espuma, passa no cabelo e vai massageando. Muito mais fácil do que ficar usando aquele pincel e o preço estava ok, paguei aproximadamente R$18,00.

Compras4E, por fim, as últimas comprinhas na Watsons foram estes super inúteis e fofinhos porta escovas de dente com os personagens do app Kakao Talk. Meus Kakao Friends favoritos são a Neo e o Frodo, então comprei esses dois, que infelizmente não estavam em promoção ~lágrimas brotam. Digo que são super inúteis porque meu cérebro sabe que eu não precisava disso agora, mas achei que era um souvenir legal para trazer da Coréia, já que o KakaoTalk é o app mais usado por aqui!

Agora vamos aos itens de papelaria! :D
Compras1Eu amo comprar adesivos! Sempre fico com dó de usar, mas não consigo resistir! Este daqui eu comprei porque achei que parecia o Felipe e eu, hehe (vocês perceberam que a menininha está sempre meio brava ou chorando? hahaha, às vezes eu sou meio assim :P)

Compras3Mais adesivos, dessa vez de Kokeshis! Muito fofinhos, né? Vou colar nos meus cadernos, vou colar everywhere!!!

Compras11Mini bloco de anotações com morsas simpáticas na capa, e um com jumentinhos. E também esses marcadores de página muito amor!

Compras12O Totoro gostou bastante do bloco de jumentinhos, que eu ganhei do Felipe! Mas ele é meu, Totoro! “(`(エ)´)ノ

Compras9Um mapa múndi todo preto, branco, fino e rico! Comprei na Kyobo Bookstore, e custou mais ou menos R$27,00. Fiquei tãão feliz com esse mapa, eu estava procurando um para chamar de meu, mas no Brasil eu nunca encontrava um que fosse bonito e barato. Não vejo a hora de pendurá-lo na minha parede!

Compras7Post-its lindos e delicados em formato de folhas! Apaixonei demais! Agora minha mesa vai estar sempre com aquela carinha aconchegante de outono <3

Compras13Por último, um planner muito engraçadinho cheio de frangos fritos, haha. Esse planner é muito legal, pois todas as páginas são decoradas, e ele não é específico para um determinado ano (não é daqueles planners com data especificada), então você pode começar a usá-lo nomeio do ano e ir até o meio do ano que vem! Fotografei algumas páginas para mostrar pra vocês!

Compras14O planner tem o calendário mensal (mostrado acima), então você marca no canto superior esquerdo o mês, e coloca a data em cada potinho de frango, e pode marcar eventos, datas de aniversário compromissos, etc.

Compras15Este é o calendário mensal na forma de nuggets. Sério, eu me apaixonei por este planner sobre frangos fritos! ヘ( ̄ー ̄ヘ)

Compras16Também tem calendários semanais, decorados de vários jeitos diferentes. Todas as páginas são muito engraçadas! Vou ficar com dó de usar, então provavelmente vou guardar intacto como lembrança!

E aí? O que vocês acharam das minhas comprinhas? Espero que tenham gostado, hehe! Obrigada pela visita! (ps: Obrigada, Felipe, por ter segurado o planner enquanto eu fotografava!)

xx
Suemi